Limpando os pincéis – parte 2

Depois de sabermos a diferença entre os produtos que podemos lavar nossos pincéis e qual água escolher, hora de falar com o que podemos lavá-los, quais os movimentos e como colocá-los na água para não estragá-los.

Materiais para lavar e os movimentos

Podemos lavar os pincéis com uma esponja, um pote/prato ou na própria mão. A Marlena e o Koren usam a esponja. A Michelle Phan usa um prato. A grande maioria dos maquiadores (e nos tutoriais por aí) usam a mão. Eu não gosto de usar a mão porque eu não gosto de ficar com a mão durante muito tempo embaixo d’água que não seja durante o banho. Eu uso um potinho pequeno de plástico estilo cumbuca. O que é necessário é algo que facilite a produção de espuma para a remoção da sujeira do pincel.

Existem as pessoas que advogam que o movimento feito para lavar o pincel seja em círculos, há que diga que deva ser de vai-e-vem. Sinceramente, acho que o formato que o movimento não é importante. O que eu acho que o movimento não deve ser brusco. Ele deve ser forte o suficiente para lavá-lo e não para destruí-lo. Apertar o pincel até as cerdas abrirem inteiras para lavar é errado. Isso pode estragar o pincel porque as cerdas podem não voltar para o lugar. Eu gosto de lavá-los pela lateral com movimentos de vai-e-vem.

Não existe uma ciência aqui. Estamos falando de lavar cabelo que está na ponta de um cabo de madeira. Qual é a diferença de lavar as cerdas de um pincel e de lavar seu cabelo? Pense nisso e lave seus pincéis e não esqueça de retirar todo o sabão.

Como colocar o pincel na água e como secar

Isto é um pincel por dentro.

Pincel em detalhe

As cerdas são coladas e elas somente existem até metade do cabo de metal que une as cerdas ao cabe de madeira. O outro lado se prende ao cabo de metal na madeira também com cola. A água, por ser o solvente universal, quando penetra dentro do cabo de metal dissolve a cola aos poucos fazendo com que as cerdas se soltem. Por isso o cuidado que devemos ter ao lavá-los. Eu gosto de tentar lavar somente as cerdas que estão do lado de fora do cabo de metal. Não gosto de colocá-lo embaixo d’água, mas já vi muito tutorial que os cabos de metal são colocados levemente para debaixo d’água.

Para que a água entre dentro do pincel, há duas “entradas”. Uma delas é a parte do cabo de madeira que fica em contato com o cabo de madeira. Não há muita cola ali e, quando a á entra, é um prato cheio para a destruição do pincel. A outra entrada é quando não colocamos o pincel na posição certa para secar. Os pincéis devem secar na horizontal ou com o cabo de madeira virado para cima de uma maneira que as cerdas não sejam pressionadas para que não haja um refluxo da água e umidade para dentro do pincel. O vídeo da Michelle Phan coloca isso de uma maneira bem interessante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s