Gafes de maquiagem #1 – Lábios

Algumas coisas eu vejo por aí e me pergunto por que diabos as pessoas fazem isso com elas mesmas. Não sei até onde vai a falta de informação ou o gosto pessoal. Mas que é difícil você ver essas coisas e não fazer cara feia… Eike difícil.

1) Lápis labial escuro + batom claro

E acontece com as melhores pessoas.

 

O olho roxo da Christina está lindo, mas o contorno dos lábios… O lápis deve sempre ser o mais próximo da cor do batom possível. Qual seria o motivo estético de colocar um contorno mais escuro no lábio? Desenhar melhor? Definir melhor? A maquiagem serve para realçar aquilo que temos de melhor. Ninguém naturalmente tem o contorno labial destacadamente mais escuro que o lábio. Somente o fato de usar um lápis para desenhar o lábio já o define. A cor precisa ser igual ao batom exatamente para passar a ideia de que o lábio é desenhado perfeitinho. Sacou? 🙂

Dicas para bombar os lábios são (lembrando que brilho/branco aumenta, opaco/preto diminui):

  • iluminador ao longo do lábio no arco do cupido (vezinho do lábio superior): isso dá a ilusão que o lábio superior é maior.
  • gloss somente no centro do lábio sobre o batom: após o batom, se usarmos um gloss incolor (ou da mesma cor do batom) apenas no centro do lábio da a impressão que ele é maior.

2) Lápis por fora da linha do lábio

Se seu lábio é fino, uma fina linha de lápis por fora da linha labial faz o trabalho de aumentá-los. A minha diva Lisa Eldrige tem um vídeo sobre olhos esfumados para olhos encapsulados em mulheres maduras, mas ela faz esse truque na modelo ao passar o duo lápis + batom. Se feito direitinho, sem exageros, o truque funciona:

Mas quando não funciona…

Resenha: Primer Panvel MakeUp

 

Desde que a Panvel lançou um primer eu queria testar. A grande maioria dos produtos da marca Panvel é boa: tônico facial, demaquilante, hidratante, xampu… O primer não é o melhor primer que você já usou, no meu caso foi o Porefessional da Benefit, mas é um bom primer por um preço.

O que diz o fabricante?

 

Descrição: o Primer Panvel Make Up forma uma película leve e invisível sobre a pele [1], diminuindo visivelmente a percepção das linhas superficiais, através de um disfarce óptico [2]. Auxilia na fixação da maquiagem [3]. Tem rápida absorção, textura sedosa [4] e uma sensação única de conforto e maciez [5].

Modo de Uso: aplique uma camada fina do Primer Facial imediatamente antes da maquiagem a ser utilizada. Experimente uma melhor performance de sua maquiagem e uma fixação da mesma por mais tempo.

Composição: Aqua/Water, Edta, Methylparaben, Glycerin, Caprylic/Capric Tryglyceride, Dimethicone, Tribehenin, Cetearyl Alcohol, Potassium Cetyl Phosphate, Butyrospermun Parkii Butter, Octyldodecanol, Hydrogenated  Polyisobutene,  Dimethicone/Vinyl Dimethicone Crosspolymer (and) Silica, Sodium polyacrylate (and) Dimethicone (and) Cyclopentasiloxane (and) trideceth-6 (and) Peg/Ppg-18/18 Dimethicone, Aqua/Water (and) Glycerin (and) Sodium Lactate (and) Lactic Acid (and) Tea-Lactate (and) Serine (and) Urea(and) Sorbitol (and) Sodium Chloride (and) allantoin (and) Sodium Benzoate, Bht, Propylparaben, Diazolidinyl Urea, Cyclopentasiloxane, Fragrance/Parfum. Pode Conter: Butylphenyl Methelpropional, Hexyl Cinnamal, Citronellol, Linalol, Geraniol.

Sobre os itens [1], [4] e [5]: todos aprovados. O primer realmente forma sim uma película leve e invisível sobre a pele. A pele fica com uma sensação macia e aveludada. Como eu tenho a pele oleosa, o tal do conforto só vem quando o primer foi todo absorvido pela pele, o que acontece rápido.  A textura do primer é siliconada. Eu gosto muito dessa textura para um primer. A sensação que me passa é que a oleosidade natural fica mais tempo longe da maquiagem. Um item que não é mencionado na descrição do fabricante, por um bom motivo, é que a película formada pelo primer deveria segurar minha oleosidade. Afinal, apesar da mídia somente focar no disfarce óptico, o primer tem essa função em primeiro lugar. O primer da Panvel não tem mesmo essa função.

Sobre [3]: nenhum primer que eu já usei fez com que a maquiagem durasse mais que 6h nos dias mais quentes e mais que 8h nos dias mais frios. Eu também nunca senti aquela sensação de “minha base desliza muito mais fácil quando uso um primer”. A diferença que sempre sinto é o disfarce óptico. Por ter pele oleosa eu tenho poros muito bem dilatados perto do nariz. É nesse quesito que os primers me ganham. Quem consegue mais disfarce óptico, leva meu dinheiro e meu coração.

O primer da Panvel no quesito disfarce, para mim, é nota 5. Ele dá uma disfarçada legal nos meus poros menores, mas os maiores não sentem muita diferença. Ele tem uma granularidade maior que a do Porefessional, se isso faz sentido, e eu acho que é por isso que ele não consegue disfarçar tanto os poros maiores.

Nota final: 7.

Como substituir seu corrector Peach Bobbi Brown

Meu dias de glória estão acabando porque meu corrector Bobbi Brown está acabando. O mais parecido, num tiro muito muito longe, era um corretivo laranja de uma paleta de corretivo da Victoria’s Secret. Aí comecei a trabalhar com o corretivo laranja.

Foto por Qual Reviewer

Quando eu comprei essa paleta em janeiro, ela era bem boa. O corretivo deslizava na pele. Amei a paleta.
Mas com o tempo, ela começou a ficar grudenta e sempre crisava na área dos olhos. Achei que era a diferença de temperatura, mas ao ler a review do Qual Reviewer, a paleta fica mais grudenta e o produto crisa na pele. Como era o que eu tinha para trabalhar, tentei diversas técnicas: passar um pó para tentar tirar a grudentice e evitar crisar, misturar com outros produtos mais líquidos, usar pouco produto…

O resultado, claro, não era nada aos pés do Peach.
Nesse meio tempo, eu comprei o kit de make de pele da Koloss, o qual me deixou extremamente decepcionada. Mas a cor e a textura do corretivo ficaram na minha mente. Acabei comprando um pozinho corretor de cor pêssego da The Body Needs, mas ainda não testei na pele a combinação dos dois. Fiz uma mistura deles em um cd e ela pareceu dar certo.

Mais meio tempo depois, eu fiz umas comprinhas na Cherry Culture (minha lojinha favorita) e comprei o corretivo laranja de alta cobertura da NYX. Fui fazendo minhas experiências para tentar construir um corrector Bobbi Brown Peach para mim. Existem algumas ofertas no mercado sobre corretivos cor pêssego, como o da Contém 1g por R$55, o mesmo preço (convertido) do corrector e não tem o mesmo desempenho. Tem uma paletinha de corretivos da Avon que tem um na cor pêssego, mas esse não cheguei a testar.

Aí seguem meus testes para achar um produtinho tão bom quanto meu querido corrector:

 

A primeira foto é a falta de diginidade da pessoa em se mostrar na internets sem nada no rosto. Dá pra ver que a área ao redor dos meus olhos é mais escura que a grande parte do meu rosto.

Na segunda foto, apliquei o corretivo laranja em um lado e o Peach do outro apenas.

Na terceira foto, apliquei o corretivo cretino da Koloss sobre o corretivo laranja. O resultado foi quase parecido com a cor que o Peach tem.

Na última foto, depois da aplicação da base (Maybelline Fit), eu usei um pouquinho do meu corretivo Duda Molinos (marrom 01) para cobrir o pouco do laranja que ficou sobrando.

Eu achei que o resultado final ficou muito bom na minha pele. Achei um bom substituto para meu querido corrector Peach Bobbo Brown.