Resenha: The Beach Palette da Em Cosmetics – Blushes e Batons

paleta

Agora é hora de resenhar os batons e os blushes da The Beach Palette da Em Cosmetics. Você pode ver a resenha das sombras, embalagem e das ferramentas aqui.

Os blushes são tão incríveis quanto as sombras e possuem a mesma textura, apesar de esfarelarem mais. Esfumam bem e não marcam em pigmentação. Ou seja: é muito sossegado de aplicar e esfumar em sequência até atingir a cor que se quer. São eles: Cabana Party, Summer Getaway, Bronze Shimmer e Peach Fuzz.

blushes
1. Cabana Party, 2. Summer Getaway, 3. Bronze Shimmer, 4. Peach Fuzz

Na minha humilde opinião, são todas as cores que uma mulher precisa de blush: um rosado, um pêssego e um bronzer. A diferença entre os bronzers é a coloração: um é mais avermelhado e tem mais partículas de brilho (Cabana Party) e o outro é mais marrom (Bronze Shimmer). Eu considero o Bronze Shimmer mais indicado para contornos e o outro pode ser usado levemente como blush.

Todos eles possuem um brilho mesmo que minúsculo. O Bronze Shimmer não é exatamente opaco e o Peach Fizz me lembra muito o Orgasm da NARS. A foto não mostra, mas o Peach Fuzz é mais empoeirado que Orgasm, puxa muito mais para o pêssego (apesar de rosado) e, ouso dizer, mais pigmentado no que tange a uma aplicação. Pelo menos, o Orgasm que tenho, eu preciso aplicar umas três vezes para conseguir a cor que eu gosto.

IMG_8432

No meu rosto, eles duraram o dia inteiro! No entanto, não tive muito contato da mão com o rosto como acontece enquanto trabalho, mas acredito que com o toque no rosto ele deva durar de 4 a 6 horas.

nota-em-palette
Yay Blushes!

Existem 4 batons (lipstick) e 4 glosses (lipglosses) na paleta apesar da descrição oficial não especificar. Eu também não observei na caixa se havia alguma descrição… Como eu fiquei sabendo disso? Ora, Robin: Google. 🙂

IMG_8408
1. Hottie 2. Sarong 3. Bronze Tryst 4. Peach Colada 5. Tanline 6. Exposed Nude 7. 90 degrees 8. Hotspell

São dois batons matte (Tanline e Exposed Nude) e dois cremosos (Hottie e Sarong). O restante são glosses. Todos eles possuem um brilho associado apesar de, no pan, parecerem bem opaco. Isso, para mim, já configura uma má colocação porque nenhum batom é matte ou perto de ter alguma opacidade. Além disso, como aplicar estes produtos se não vem um pincel adequado? Enfiando o dedo? Eu acho isso nada higiênico. A grande parte das pessoas que gostam de se maquiar, bem ou mal, possuem algum apetrecho para aplicação de sombras. Ao invés de vir aquele pincel de sombra horrível, seria mais útil vir um pincel para os produtos de lábio.

Todos eles possuem a mesma consistência: amanteigada. Ao olhá-los, você logo lembra de todas essas paletas baratinhas que você teve e que o batom era mais duro que pedra. Esses são exatamente o contrário: macios por demais. É muito prazeroso pegar um pincel de lábios e aplicá-los. Eles espalham bem e são gostosos. Não possuem a melhor pigmentação (exceto o Hottie) nem a melhor durabilidade – qualquer gole de água é o suficiente para removê-los – e é chato de carregar para retoque. Uma coisa que pode acontecer é do esfarelamento dos produtos em pó irem parar sobre os produtos de lábio. Enfim, são os itens que mais tenho birra na paleta.

nota-em-palette
Nay Batons!

Conclusão: a Beach Life Palette ou outra paleta que você esteja interessada da coleção da Michelle Phan é um custo x benefício imenso. As sombras e blushes são excelentes e os batons são melhores que os batons baratinhos de farmácia no Brasil.A paleta é grande para viajar, mas você pode pegar o que mais gosta da paleta e acomodar na paletinha menor e vem com um pincel quebra-galho por U$54.

Produtos favoritos de 2013

Mais um ano que se vai e mais produtos usamos! As rotinas mudam, os produtos que gostamos mais ficam, os outros vão sendo substituídos por lançamentos. Do ano passado pra cá, diversos produtos mudaram. Voltei para o demaquilante da Clinique (o único que não me dá alergia) para os olhos e o da Panvel e Sephora para face. Para garibadas e preguiças, uso os lenços umedecidos. Troquei de hidratante e de primer facial e parei de usar os seruns para crescimento da sobrancelha. Mudei de batom favorito, mas as máscaras ficaram.

Listagem dos produtos:

  • Acne Solutions Clean Skin System da Clinique
  • Pomada Clindoxyl
  • Dramatically Differente Mosturizing Gel+ da Clinique
  • Liftactiv Serum 10 da Vichy
  • Revitalift Total Repair 10 da L’Oreal Paris
  • Primer Isabela Capeto para Panvel
  • Base Pure Makeup da Maybelline
  • Base Stay Matte But Not Flat da NYX
  • Corrector da Bobbi Brown na cor Peach
  • Time Balm Concealer da The Balm na cor mid-medium
  • Age Defying With DNA Advantage Concealer da Revlon
  • Conjunto de pincéis da SammyDress
  • Iluminador Watt’s Up da Benefit
  • Primer de sombra da Koloss
  • Revlon Colorburst Lip Butter na cor Peach Parfait
  • Batom Schiap da Nars
  • Batom Storm Me Pink da Revlon
  • Revlon Colorburst Matte Balm na cor
  • EOS Balm
  • Blush Orgasm da NARS
  • Blush Iluminador Isabela Capeto para Panvel
  • Collections 56 Piece Makeup Artist Collection da E.L.F.
  • 3 in 1 Mascara Eyelash Brush Curler Lash Comb Cosmetic
  • Fixador de Maquiagem Fix Benn
  • Pó translúcido Isabela Capeto para Panvel

Gafes de maquiagem #1 – Lábios

Algumas coisas eu vejo por aí e me pergunto por que diabos as pessoas fazem isso com elas mesmas. Não sei até onde vai a falta de informação ou o gosto pessoal. Mas que é difícil você ver essas coisas e não fazer cara feia… Eike difícil.

1) Lápis labial escuro + batom claro

E acontece com as melhores pessoas.

 

O olho roxo da Christina está lindo, mas o contorno dos lábios… O lápis deve sempre ser o mais próximo da cor do batom possível. Qual seria o motivo estético de colocar um contorno mais escuro no lábio? Desenhar melhor? Definir melhor? A maquiagem serve para realçar aquilo que temos de melhor. Ninguém naturalmente tem o contorno labial destacadamente mais escuro que o lábio. Somente o fato de usar um lápis para desenhar o lábio já o define. A cor precisa ser igual ao batom exatamente para passar a ideia de que o lábio é desenhado perfeitinho. Sacou? 🙂

Dicas para bombar os lábios são (lembrando que brilho/branco aumenta, opaco/preto diminui):

  • iluminador ao longo do lábio no arco do cupido (vezinho do lábio superior): isso dá a ilusão que o lábio superior é maior.
  • gloss somente no centro do lábio sobre o batom: após o batom, se usarmos um gloss incolor (ou da mesma cor do batom) apenas no centro do lábio da a impressão que ele é maior.

2) Lápis por fora da linha do lábio

Se seu lábio é fino, uma fina linha de lápis por fora da linha labial faz o trabalho de aumentá-los. A minha diva Lisa Eldrige tem um vídeo sobre olhos esfumados para olhos encapsulados em mulheres maduras, mas ela faz esse truque na modelo ao passar o duo lápis + batom. Se feito direitinho, sem exageros, o truque funciona:

Mas quando não funciona…

Teoria das Cores por Marvin G. Westmore

Marvin G. Westmore é um maquiador muito respeitado em Hollywood. Seu primeiro trabalho data da década de 60 e tem, entre seus trabalhos, a maquiagem de Blade Runner e 14 episódios em MacGuyver. Ele tem um blog, que escreve pouco, mas as informações que existem lá são ótimas.

Um artigo maravilhoso que ele escreveu é o Color Theory in the World of Makeup. Ele diz que antes de aprender a teoria das cores aplicada à maquiagem, é necessário entender alguns elementos que compões as cores antes. São eles o elemento do pigmento; das três dimensões da cor; da harmonia entre cores; e da reflexividade da cor.

Fonte: Portal da Maquiagem

1) Pigmento: existe em todos os produtos de maquiagem, seja qual for a principal base do produto (aquosas, oleosas, cerosas, cremosas, em bastão, cake ou mineral). É o pigmento que dá cor à própria cor e a teoria das cores funciona para todos não importando sua fonte (natural, químico ou mineral).

2) As Três Dimensões da Cor:

Matiz (hue)— o nome da cor, exemplo: vermelho, laranja, amarelo.
Intensidade — o brilho ou a falta de intensidade de uma cor, a medida da pureza da cor, saturação.
Valor— quão clara ou escura a cor é, corresponde ao valor dessa cor convertido em um determinado tom de cinza.

Todas as cores tem um valor de cinza. Pense nessa cor numa foto preta e branca. É esse valor que dá profundidade e dimensão para o que você vê e também provê o contraste na relação luz e sombra. Na maquiagem, as cores precisam ser selecionadas de modo a não terem o mesmo valor de cinza para não resultar num rosto não interessante, com aparência de lavado e com falta de definição.

3) Harmonia Entre Cores: a palavra harmonia se refere às partes que são esteticamente agradáveis aos sentidos de visão, som, toque, gosto e cheiro. No mundo das cores, a harmonia é o que agrada a visão e a emoção: calmo ou excitante, frio e refrescante, quente e emocionante, etc. Com isso, separamos a harmomia em cinco categorias:

  • Análoga (Analogous): a partir da cor escolhida na roda das cores, qualquer matiz duas cores à direita ou à esquerda; para um look de dia ou de trabalho
  • Monocromático (Monochromatic): variações no valor e na intensidade de uma única cor; para um look chique ou elegante
  • Complementar (Complementary): cores opostas em posição na roda das cores; para um look mais sexy e sensual
  • Triádico (Triadic): quaisquer três cores na roda das cores que formem um triângulo equilátero entre si; para um look mais divertido e colorido
  • Acromático (Achromatic): um esquema de cores com preto, branco e cinza — ou quaisquer três cores da mesma matiz que vá do mais claro ao mais escuro; para um look elegante e sofisticado

4) Reflexividade da Cor: existem seis tipos de reflexividade. Quanto mais reflexiva é a cor, mais ela se sobressai:

  • Fosco (Matte): sem brilho e pode ser opaco ou translúcido
  • Brilhante (Shiny): efeito tipo gloss
  • Metálico (Metallic): altamente reflexivo, brilhante e opaco
  • Opaco (Opaque): opaco 🙂
  • Translúcido (Translucent): dá a idéia de névoa, levemente cristalino
  • Transparente (Transparent): cristalino como vidro

Sabendo dessas informações, temos mais qualidade na hora de escolher o make. Pode ser um guia para a seleção das sombras, blush e batom ou na seleção das sombras que comporão o make. Até tem como escolher a melhor cor de corretivo para a sua olheira. O cancelamento de cores funciona com o oposto: para cancelar o vermelho da espinha, usamos o corretivo verde, certo? Na roda das cores, elas são opostas porque estão em locais opostos fisicamente. O negócio é que o vermelho nem sempre é o mesmo vermelho, a olheira nunca é o mesmo marrom, o mesmo violeta para todo mundo todo dia. Fazer o cancelamento dessa cor antes de passar o corretivo da cor da sua pele pode trazer excelentes resultados.

O legal é imprimir uma roda das cores (tem tantas na internet) e deixar pendurada no banheiro ou na penteadeira e ela fica ali, só esperando para nos auxiliar neste nosso ritual.

Dica rápida: misturinha de batom

Não tem a cor de batom que você quer em uma bala só? Usa duas para conseguir a cor que você quer!

No, you can’t read my DUCKFACE!

O método preguiçoso rápido que eu uso é: passa em um lábio uma cor e; no outro, a outra cor! Esfrega um lábio no outro e, se precisar, dá umas batidinhas com os dedos para assentar. Simples assim! 🙂 Na foto, eu usei uma passada o Cristal Adore e três do Mel.

A concentração do produto você escolhe: produto mais concentrado = mais cor. Se for misturar uma cor mais escura e que a outra, quanto mais produto da cor escura você usar, mais a cor final puxará para este lado. Eu não sei o que aconteceria quando misturar batons de acabamentos bem diferentes, tipo um bem matte e um bem cremoso. Eu não sou muito fã de batom matte, aí eu nem tenho um deles pra poder testar.

Mas lembra: batom mais cremoso, maior a possibilidade do produto escorrer.
Meus truques para o batom não escorrer é 1) passar um pó (translúcido, matificante…) entre uma camada e outra de batom que nem a diva Lisa Eldrige ensina aqui lá pelos 11 minutos e 2) ter sempre um lápis da sua boca ou a cor mais parecida com o seu lábio ou o lápis da mesma cor do batom. Passa o lápis em todo o lábio e com bastante capricho na linha do lábio, passe o batom de sua preferência e vá desfilar!

Ah, o flip horizontal na vida de alguém…