Tutorial de aniversário

Eu fiz aniversário em março e eu recebi um email da Sephora americana dizendo que eu tinha um presentinho da Benefit deles se eu fizesse uma compra. Fui olhando pelo site para ver o que havia de legal para comprar. Aí lembrei que a Sephora fez uma parceria com a Pantone e que isso, além do aparelho que avalia sua cor de pele, rendeu alguns produtos. Eu me apaixonei pela Precious Metals Shadow Palette que nem tem mais para vender.

produtos
E, é claro, lacinhos da Hello Kitty

Como eu vou passar férias nos Estados Unidos, eu comprei e estava conformada em ver a paleta somente em outubro. Mas minha irmã foi agora em maio e trouxe para mim. Assim que vi a paleta, quase morri de tão linda.

IMG_7817
MEU. OLHA. ESSE. ESPELHO.

Para comemorar a chegada atrasada-antecipada dos meus presentes de aniversário, fiz um tutorial usando somente a Precious Metals Shadow Palette. E ficou assim.

IMG_7796

IMG_7797

Vamos aos passos!

1) Preparar a face como sempre: lavar, tonificar hidratar.

2) Como é a primeira vez que eu vou usar as sombras, eu não sei se elas esfarelam muito. Então eu vou fazer primeiro o olho e depois a pele. Como primer, usei o NYX Eyeshadow Base. Com um pincel chanfrado, vou usar a sombra Eiffel Tower (Pantone 18-5210) para marcar o “v” no canto externo do olho e o côncavo. Assim, a gente delimita até onde as sombras vão. Além disse, eu vou fazer um pequeno traço perto do canto interno do olho.

IMG_7738
Sombras substitutas: MAC – Hocus Pocus, a paleta Warm da Coastal Scents tem um cinza chumbo

2) Com um pincel achatado e a mesma sombra, vou preencher até quase o centro da pálpebra. Para preencher, ao invés de arrastar a sombra na pele, eu apenas dou batidinhas e vou depositando a sombra.

IMG_7746

3) Com o mesmo pincel achatado depois de uma limpadinha e a sombra Flint (Pantone 18-1405), cubro o centro da pálpebra e faço um traço junto ao traço previamente feito com a Eiffel Tower. Aproveito para fazer a linha dos cílios inferiores com a sombra Eiffel Tower até quase chegar ao ducto lacrimal e com a sombra Flint até o centro do olho.

IMG_7750
Sombras substitutas: Kiko 158, a paleta Matte da Coastal Scents tem um roxo matte, Quem disse, Berenice? – Rox, paleta Ultra Mattes Darks da Sleek – Highness

4) Ainda com o pincel achatado, uso a sombra Toasted Almond (Panton 14-1213) e preencho o restante da pálpebra com ela. Aproveito para colorir bem o ducto lacrimal e preencher o restante da linha inferior dos cílios até chegar no centro do olho encontrando a sombra roxa.

IMG_7756
Sombras substitutas: MAC – Flip, Contem 1g – Dourado Brilho Intenso, a paleta Warm da Coastal Scents tem uma sombra dourada

5) Agora que colocamos as três cores, é hora de esfumar onde cada cor se encontra. Para esfumar o cinza chumbo com o roxo é mais simples porque são duas cores escuras. Como eu quero que o roxo se sobressaia ao cinza chumbo, eu coloco muito pouco de sombra bem na ponta do pincel e esfumo na direção do roxo para o cinza chumbo. Fiz esse processo umas quatro vezes.

IMG_7762

6) O truque para esfumar o limite de uma cor muito escura com uma cor muito clara é depositar a cor mais clara sobre o limite e, ao poucos com batidinhas, fazer com que esse limite desapareça, é o que mostra a parte de cima da foto abaixo.

IMG_7767

7) Com um pincel lápis limpo, vamos esfumar as bordas externas do look fazendo, ao esfumar, o puxadinho do cat eye. O importante do esfumar aqui é fazê-lo com delicadeza sem afundar o pincel na pele. O puxado do cat eye, do jeito que eu faço, é usando a linha inferior dos cílios como início e seguindo essa linha até onde quero que o puxado vá. Assim que defino isso, puxo a parte de cima para que elas se encontrem e formem o cat eye.

IMG_7775

8) Com um pincel fofinho, uso a Deauville Mauve sobre a Flint para um pequeno brilho. Viva ao sanduíche de sombras da Victoria Ceridono!

IMG_7786

9) Para não deixar o olho desamparado, usei um delineador em gel bem rente aos cílios tanto superiores quanto inferiores.

IMG_7794

10) Sombra Rain Drum (Pantone 19-0916) para preencher a sobrancelha e Ivory Cream (Pantone 13-1011) para iluminar o arco da sobrancelha. Muito curvex e muita máscara…!

IMG_7795

Todos os produtos usados estão aqui:

IMG_7807

Pele:

Corrector Bobbi Brown na cor Peach
Primer Tonalizante Facial Isabela Capeto para Panvel
Base Koloss HD (muita preguiça de usar uma base boa. Me perdoem) aplicada com a imitação da Beauty Blender nacional.
Blush Iluminador Isabela Capeto para Panvel (que não está na foto)
Iluminador Watts Up! da Benefit

Olho:

NYX Eyeshadow Base na cor da pele
Paleta Precious Metals Shadow da Sephora + Pantone
Delineador preto da paleta de neutros da Beauty UK
Máscara They’re Real! da Benefit
Máscara LashBlast Volume Blasting da Cover Girl
Máscara The Falsies Blackest Drama da Maybelline

Boca:

Batom Vult (não lembro o número, mas é um rosa antigo matte)
Revlon Lib Butter na cor Creme Brulee

Pincéis:

Blender, do conjunto de Smokey Eyes Brush Set da Coastal Scents
Angle Liner, do conjunto de Smokey Eyes Brush Set da Coastal Scents
Medium Shadow Brush, do conjunto de Smokey Eyes Brush Set da Coastal Scents
Pincel em forma de domo de um conjunto da Clinique (mais velho que andar pra frente)
Dois pincéis achatado desses conjuntos que se compra na 25 de março

Como substituir seu corrector Peach Bobbi Brown

Meu dias de glória estão acabando porque meu corrector Bobbi Brown está acabando. O mais parecido, num tiro muito muito longe, era um corretivo laranja de uma paleta de corretivo da Victoria’s Secret. Aí comecei a trabalhar com o corretivo laranja.

Foto por Qual Reviewer

Quando eu comprei essa paleta em janeiro, ela era bem boa. O corretivo deslizava na pele. Amei a paleta.
Mas com o tempo, ela começou a ficar grudenta e sempre crisava na área dos olhos. Achei que era a diferença de temperatura, mas ao ler a review do Qual Reviewer, a paleta fica mais grudenta e o produto crisa na pele. Como era o que eu tinha para trabalhar, tentei diversas técnicas: passar um pó para tentar tirar a grudentice e evitar crisar, misturar com outros produtos mais líquidos, usar pouco produto…

O resultado, claro, não era nada aos pés do Peach.
Nesse meio tempo, eu comprei o kit de make de pele da Koloss, o qual me deixou extremamente decepcionada. Mas a cor e a textura do corretivo ficaram na minha mente. Acabei comprando um pozinho corretor de cor pêssego da The Body Needs, mas ainda não testei na pele a combinação dos dois. Fiz uma mistura deles em um cd e ela pareceu dar certo.

Mais meio tempo depois, eu fiz umas comprinhas na Cherry Culture (minha lojinha favorita) e comprei o corretivo laranja de alta cobertura da NYX. Fui fazendo minhas experiências para tentar construir um corrector Bobbi Brown Peach para mim. Existem algumas ofertas no mercado sobre corretivos cor pêssego, como o da Contém 1g por R$55, o mesmo preço (convertido) do corrector e não tem o mesmo desempenho. Tem uma paletinha de corretivos da Avon que tem um na cor pêssego, mas esse não cheguei a testar.

Aí seguem meus testes para achar um produtinho tão bom quanto meu querido corrector:

 

A primeira foto é a falta de diginidade da pessoa em se mostrar na internets sem nada no rosto. Dá pra ver que a área ao redor dos meus olhos é mais escura que a grande parte do meu rosto.

Na segunda foto, apliquei o corretivo laranja em um lado e o Peach do outro apenas.

Na terceira foto, apliquei o corretivo cretino da Koloss sobre o corretivo laranja. O resultado foi quase parecido com a cor que o Peach tem.

Na última foto, depois da aplicação da base (Maybelline Fit), eu usei um pouquinho do meu corretivo Duda Molinos (marrom 01) para cobrir o pouco do laranja que ficou sobrando.

Eu achei que o resultado final ficou muito bom na minha pele. Achei um bom substituto para meu querido corrector Peach Bobbo Brown.

Resenha: corrector Bobbi Brown

Bobbi Brown é uma maquiadora americana que tem sua linha de maquiagem desde 1991. Ela prega que a maquiagem seja o mais natural possível. A linha de maquiagem dela é toda voltada para essa linha, tanto que as sombras são todas dentro da paleta de cores pastel.

Um dos produtos mais conhecidos dela é o corrector. A ideia do corrector é fazer a correção de cor entre a cor da sua pele e a cor da olheira. Após a correção de cor, é hora de passar o corretivo para igualar e uniformizar a área. O corrector é um produto cremoso na medida certa: nem tão dura nem tão molenga. Ele tem uma boa espalhabilidade e a duração e eficácia são incríveis. Cada potinho tem XX gramas e tem o custo alto, por volta dos U$25. Mesmo assim, o produto vale cada centavo.

O que diz o fabricante?
A wakeup call for tired eyes. Corrector is pink- or peach-based to neutralize under-eye darkness [1] and is designed to be used before Creamy Concealer. New and improved formula is long-wearing [2] and brightens dark circles with quick, just-right coverage [3] that’s easy to blend and won’t crease [4]. And since great makeup starts with healthy skin, Corrector is infused with skin conditioners to protect the delicate under-eye area [5].

Uma chamada para despertar olhos cansados. O corrector tem base rosada ou base cor pêssego para neutralizar a escuridão embaixo dos olhos [1] e é projetado para ser usado antes corretivo cremoso. Com nova fórmula e melhorada é de longa duração [2] e clareia as olheiras com uma cobertura certeira e rápida [3], que é fácil de espalhar e não crisa [4]. E, uma vez que uma grande maquiagem começa com a pele saudável, o corrector é infundido com condicionadores de pele para proteger a delicada área debaixo dos olhos [5]. ***

Vamos testar os cinco pontos que eu acho importante do que o fabricante diz do produto. As fotos.

Preciso aprender a tirar fotos com óculos

Sobre [1]: a cobertura é diretamente proporcional à quantidade de produto usada. #duh mas é verdade. Não dá pra ser lá muito pão dura com ele porque aí você vai achar que a cobertura falada na descrição não é verdadeira. Nenhum produto quando é não adequadamente aplicado, em questão de quantidade, não cobre direito.

Sobre o [2], a duração é incrível. Aqui está uma foto minha após de correr e observe que ainda há corrector ao redor dos olhos.

Já o fato de clarear as olheiras, o [3] tem duas faces: uma que, neutralizando a cor escura da olheira você automaticamente clareia a área. Outra que, já que o corrector não é da cor da sua pele (para a minha pele é levemente mais quente e mais clara), também ilumina a área. Eu não tenho muita olheira, mas é o suficiente para escurecer um pouco a região. A aplicação do corrector corrige bem essa minha escuridão e ilumina a área.

Sobre o [4], durante a aplicação, ele acumula nas linhas finas. Pelo menos, em mim, isso acontece. Já as minhas linhas de expressão são grandes o suficiente para o depósito do produto, dá pra ver na foto. Para evitar tanto ou todo acúmulo, eu costumo, logo após de aplicar o corrector, passar uma finíssima camada de pó em apenas uma passada sobre a área. Isso acontece com qualquer produto que eu coloque ali. Além disso, o corrector tem textura cremosa e bem maleável. É muito tranquilo de retirá-lo com o dedo do pote e aplicá-lo no olho. Tanto com batidinhas ou espalhando, o produto sai bem do dedo para a área aplicada.

Aí fiz dois testes: um com pouco produto (à direita) e com mais produto (à esquerda). Utilizei a mesma base e o mesmo pó nos dois dias. Em Curitiba, fez dias normais de primavera (frio pela manhã e calor ao meio-dia) na semana de 15/10/2012. Tudo ficou no lugar.

Sobre o [5], eu não sei julgar se os hidratantes realmente fizeram alguma diferença na minha área dos olhos. Eu acredito que não, mas também não fizeram nenhum mal. Minhas olheiras permaneceram as mesmas desde que comecei a utilizar o produto. Não senti nenhuma diferença na hidratação e proteção da área já que o produto não tem fator de proteção solar. Apenas diz que tem hidratante.

Então: minha conclusão é: para o [1], [2] é mérito total do produto, [4] é mérito do produto, mas teria de testar em alguém que não tenha tantas linhas aparentes quanto eu. [5] eu não sei como avaliar. E [3] na parte de clarear, é mais uma jogada comercial para vender o produto, já na facilidade de aplicar o produto é totalmente verdade.

Mas dou nota 10 de coração!

*** Livre tradução