Desafio: Make rock com batom preto

IMG_7961

Vi esse desafio há algum tempo no blog da Karen Bachini e achei o máximo. Fiquei enrolando para gravar o vídeo, mas, finalmente gravei! O vídeo está cheio de trucões e dicas legais. Eu sugiro que vocês, no mínimo, ouçam. Hahahah!

IMG_7956

IMG_7957

Para fazer um resuminho para as mais impacientes:

  1. Passe base e utilize a técnica de feathering da diva Lisa Eldridge para corrigir espinhas, rosáceas e marcas que não foram cobertas pela base.
  2. Para fazer um esfumado gatinho, faça a moldura normalmente e forme o gatinho com o pincel com menos sombra possível. Para finalizar a moldura, use um pincel limpo e sem sombra alguma.
  3. Se sujar a pálpebra com máscara ao aplicá-la, espere secar e retire com um cotonete.
  4. Se você tem dificuldade de colocar cílios postiços, corte o cílio postiço na metade. É mais fácil colocar os pedaços menores do que o cílio inteiro. Eu só tenho de aprender a fazer isso no olho esquerdo. 😀

Já que eu fiz esse tutorial, vou dar um jeito de resenhar os produtos usados. Né? Os escolhidos foram:

– Conjunto de 22 pincéis da Coastal Scents
– Primer NYX High HD Studio Primer
– Paleta de corretivos Victoria’s Secret (não mais fabricada)
– Base MAC Studio Fix Fluid NC40
– Pó MAC Select Sheer NC30
– Primer de olhos Laura Mercier na cor Wheat
– Eyeshadow base NYX na cor skin
– Paleta de sombras Ultra Matts V2 da Sleek Makeup
– Paleta de sombras Got Good Jeans da Wet N Wild
– Máscara de olhos The Colossal da Maybelline
– Cílios postiços Beauties Factory
– Cola Duo branca
– Blush Sinful da The Body Needs
– Batom preto Koloss Eclipse (131)

Resenha: Blushes Wet N Wild

A Wet N Wild tem somente quatro cores de blush. Não lembro por que eu somente comprei dois quando estava nos Estados Unidos, mas eu lembro de ficar na frente do mostruário da WNW horas escolhendo o que ia comprar… 🙂

IMG_7600

IMG_7641

Lembrando que os produtos da WNW são produzidos pela Markwins na China. Se você não gosta da forma de trabalho chinesa e prefere não comprar produtos produzidos lá, mantenha-se longe dos produtos da WNW.

O que diz o fabricante? Sweep on this silky-smooth blush that strikes the perfect balance between a blendable transparent sheen and a radiant pop of maximum color. A special blend of treated nylon powders provides long-lasting color. Dermatologist-tested.

Tudo isso quer dizer: Passe esse blush macio e acetinado [1] que acerta o equilíbrio perfeito entre uma luminosidade transparente [2] esfumável [3] e um pop máximo radiante de cor [4]. Uma mistura especial de pó de nylon provê uma cor mais duradoura [5]. Testado dermatológicamente [6].

IMG_7611

Sobre [5], esse blush é um dos que eu tenho que mais dura no rosto depois de um blush da MAC que tenho. Incrível.

Sobre [6], eu tenho uma pele sensível e ele realmente não me deu reações. É tudo o que posso dizer… 🙂

Sobre [1], [3] e [4]: sim, sim e sim. O blush entrega esses três quesitos com louvor. Ele é muito macio, por isso ele esfarela como louco. Você precisa ter bastante cuidado ao passar o pincel no produto para não esfarelar muito. O que eu faço é usar o que está no pincel e, se preciso de mais produto, eu vou pegando o que esfarelou. Apesar disso, o blush é hiper super pigmentado. Aí você junta uma boa pigmentação mais um produto que esfarela e vê que é muito fácil ficar com uma chinelada no rosto com o Berry Shimmer. Mesmo assim, o blush esfuma facilmente e só um pouco do produto basta. As amostras abaixo foram feitas usando o apenas o restante do produto depois de fazer a amostra concentrada mais um pequeno toque no blush com o pincelzinho vagabundo que vem com o produto.

Sobre [2], nhé. O Berry Shimmer possui uns brilhos dourados na embalagem, mas quando você aplica, o brilho meio que some, mas tem alguma luminescência. Já o Heather Silk é bem matte… Ele não te fornece uma luminescência transparente. Ele é um lindo blush rosa, mas ele não entrega isso.

IMG_7681

IMG_7687Eu me recusei a fazer as amostras no rosto porque eu estou explodindo em espinhas. 

Dito isso, o veredito é: eu amo esse blush e gostaria que a WNW fizesse mais cores. Certamente vou procurar os outros dois e comprar!

blush

Resenha: Eyebasic Edição Limitada da Wet N Wild

Eu vi esse conjunto para vender numa Lojas Americanas em São Paulo por 12 ou 15 reais. Não comprei porque achei caro/irrelevante/desnecessário/qualquer outro motivo para não gastar dinheiro. Mas, um tempo atrás, entrei nas Lojas Americanas do shopping Curitiba e tinha outros conjuntos! Um que vinha com um bronzer e outro com tema rosa. Mas, é claro, o kit rosa estava faltando o gloss e o bronzer estava esmigalhado. Tentei comprar com algum desconto, mas não houve conversa. Aí eu trouxe pra casa apenas o kit para olhos por 25 reais.

Voltando para casa, resolvi olhar a embalagem por completo e algo me chamou muito a atenção. Todos os itens são manufaturados por uma empresa chamada Markwins. Chegando em casa, resolvi olhar os outros itens que eu tenho da Wet N Wild e todos eram feitos pela Markwins. Já vi uns conjuntos de sombra da Markwins à venda em lojas online e nos supermercados Walmart aqui em Curitiba. Testarei assim que possível.

Mas esse conjunto… Bem que gostaria de obter meus 25 reais de volta.

O Lápis

Não é o lápis mais pigmentado que já vi e é um dos piores que tenho. Ele é bem comparável ao da NYC, marca americana baratinha de farmácia, que é tão ruim quanto. Se você risca bem ele na mão, ele pigmenta valendo, mas não é esse traço que você faz na sua pálpebra. Você pode ficar passando o lápis várias vezes sobre o mesmo risco na pálpebra, mas eu não tenho essa paciência. Eu quero que o risco já saia 80% pronto do lápis.

O primeiro quadrinho na direita tem o risco poderoso na mão (segundo) e um risco factível em uma pálpebra (o terceiro). O primeiro risco foi um teste de ver o quanto ele borra na sequência que é riscado e… bem. Ele pode vir a fazer um bom estrago na maquiagem. O último era pra ver o quanto o lápis esfuma. E ele até que esfuma bem, mas tem de haver o cuidado para não removê-lo inteiro da pele. Ele não tem uma fixação boa. O segundo quadro eu passei o dedo depois de algum tempo do produto aplicado. Não foi uma beleza de tempo, mas deve ter dado entre 5 a 10 minutos. Desempenho blé. No entanto, sai com facilidade com sabão e água (ou seja, não é à prova de água) ou no demaquilante bifásico como na foto. Percebam que a minha mão não ficou vermelha de tentar retirar o produto.

A duração dele até que é boa dentro de todas as coisas que eu não gostei, mas ele realmente vai sumindo durante o dia quando não é usado primer. Eu tenho uma pálpebra oleosa e tudo vai sumindo durante o dia. Com o uso do primer antes da aplicação do lápis ele segura um pouco mais.

Duas aplicações com uma leve esfumada por volta das 8h da manhã
Mais de 12h de aplicação depois…

A Máscara

Ela é uma máscara alongadora. Só alongadora. Você passa, passa, passa e só alonga.

Não é meu tipo favorito de máscara ainda mais com tanta máscara alongadora E volumadora (??) no mercado. A escova dela é bem espaçada e a máscara em si, quando aberta é bem molhada e pesada. Por isso, ela não segura muito a curva feita com o curvex nos cílios. Passa o tempo, a máscara seca pouco, mas ainda continua molhada, sabe? Ela já segura um pouco mais a curva, mas não é lá uma grande maravilha. O líquido da máscara é realmente pesado. No quesito duração, para uma máscara não à prova d’água, ela aguenta bem. A máscara que eu estava usando para os testes do lápis é essa aqui. Sai muito bem com água, sabão e um pouquinho de demaquilante bifásico. Depende de quantas camadas você passar.

Duas aplicações de máscara às 8h

O Apontador

Aponta bem um lápis. Único item que eu não tenho o que reclamar. 🙂